.Conteúdo
 

Criando um Documento XML

Vamos continuar usando o exemplo do arquivo musicas.txt com as músicas e seus artistas. Uma vez inseridas as marcações <artista></artista> e <titulo></titulo> em meu arquivo texto o que falta para que eu possa salvar o arquivo como musicas.xml? Muito pouca coisa apenas uma linha inicial e uma tag mãe também chamada de raiz ou root.


<?xml version="1.0" encoding="ISO-8859-1"?>
<lista_de_musicas>
<artista>RAUL SEIXAS</artista> <titulo>GUITA</titulo>
<artista>BEATLES</artista> <titulo>HELP</titulo>
<artista>RITA LEE</artista> <titulo>ALÔ! ALÔ! MARCIANO</titulo>
<artista>MUTANTES</artista> <titulo>A DIVINA COMEDIA</titulo>
<artista>PINK FLOYD</artista> <titulo>THE DARK SIDE OF THE MOON</titulo>
<artista>PINK FLOYD</artista> <titulo>A SAUCERFUL OF SECRETS</titulo>
<artista>GILBERTO GIL</artista> <titulo>REFAZENDA</titulo>
</lista_de_musicas>

A primeira linha é a declaração XML, ela define a versão e o tipo de caracter usado no documento. Isso é necessário para que um navegador ou outra aplicação, que interprete XML, possa interpretar corretamente o documento. Já a tag mãe, que também é definida por quem cria o documento, deve informar o que é o documento. Neste caso trata-se de uma lista de músicas.

Pronto, você já pode salvar o arquivo com a extensão ".xml". Um arquivo XML nada mais é que um arquivo texto com marcações. Simples não! Entretanto a forma com que a informação é marcada pode lhe permitir um melhor controle sobre essa informação. Por exemplo, a marcação abaixo criada sobre os mesmos dados permite um melhor controle sobre ele. Porque?


<?xml version="1.0" encoding="ISO-8859-1"?>
<lista_de_musicas>
<musica> <artista>RAUL SEIXAS</artista> <titulo>GUITA</titulo> </musica>
<musica> <artista>BEATLES</artista> <titulo>HELP</titulo> </musica>
<musica> <artista>RITA LEE</artista> <titulo>ALÔ! ALÔ! MARCIANO</titulo> </musica>
<musica> <artista>MUTANTES</artista> <titulo>A DIVINA COMEDIA</titulo> </musica>
<musica> <artista>PINK FLOYD</artista> <titulo>THE DARK SIDE OF THE MOON</titulo> </musica>
<musica> <artista>PINK FLOYD</artista> <titulo>A SAUCERFUL OF SECRETS</titulo> </musica>
<musica> <artista>GILBERTO GIL</artista> <titulo>REFAZENDA</titulo> </musica>
</lista_de_musicas>

Porque agora uma música está separada da outra não apenas por uma mudança de linha mas por uma tag especificamente criada para isso.

Muito bem, até aqui aprendemos o que é um XML para que ele pode ser usado e também como criar um arquivo XML. Entretanto até agora só o autor do XML sabe qual é a regra de formação desse XML ou seja quais são suas tags, em que ordem elas devem aparecer e o que cada uma pode ou não conter. Essas regras são definidas em outro arquivo que é associado ao arquivo XML. Esse arquivo com as regras pode ser de dois tipos: XMLSchema ou DTD. Eles serão abordados no módulo 5. Precisamos agora aprofundar um pouco mais nossos conhecimentos sobre XML introduzindo os conceitos de elementos, atributos e documentos bem formados.






Apresentação | Conteúdo | Rau-Tu | Glossário | Links | Busca | Sua opinião